quinta-feira, 27 de abril de 2017

Depois

Teu cheiro toma conta de tudo: lençol, pele e cabelo. Escorre entre minhas pernas e seios, enfeita meus braços, brilha em meus olhos, salta de minha boca. Fui com teu cheiro à padaria, peguei o metrô, enfrentei a fila do banco. Ninguém notou ele em mim, ninguém viu as cores com que ele me pinta a alma, ninguém se embriagou como eu me embriago. Passei o dia mergulhada, transbordando teu cheiro tão íntimo do meu. Teu cheiro em meu corpo, terra molhada, encharcada de chuva.

sábado, 22 de abril de 2017

Cor de alma



Amarelo manga escorrendo pelas mãos
Vermelho tulipa na banca da esquina

Rosa laço de fita da menina
Negro teus olhos bêbados
Verde broto do pé de jabuticaba
Azul montanha de Minas no outono
Roxo almofada nova na cama
Branco espuma do mar lambendo os pés
Laranja abajur antigo
Cinza nuvem encobrindo a cidade
Marrom cachecol de tricô