segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Blue monday

A segunda-feira te joga  na cara tudo que querias esconder com a alegria desconcertante da sexta, o vinho do sábado, a preguiça exagerada do domingo. Há somente farelos de pão pela casa, a pia cheia de louça suja, a desordem do quarto, tua cara amassada. A segunda-feira não perdoa teus erros e adiamentos, exige urgência: há que se apertar a gravata, calçar os gastos sapatos do cotidiano e caminhar, caminhar.  Ela expõe tua miséria, as contas a pagar, tua ressaca, tuas perdas. Não tens escapatória. Querias viver uma semana repleta de dias que não fossem segundas-feiras, mas é preciso sempre um recomeçar, mesmo que seja doloroso. Então encare-a de frente e aproveite mais esta nova chance, toda segunda-feira é ano novo, chance de ser feliz, de se refazer, parar de fumar, começar o regime, retomar a academia, encontrar novo amor e se entregar de novo ao novo da vida.



Nenhum comentário:

Postar um comentário