terça-feira, 14 de abril de 2015

Indiferença

Tens meus olhos e meu corpo
à distância do esticar de teus braços
porém não te avisto além das lembranças
não me tocas nem ao mesmo por acaso.

Persistes pulsante no caminho do esquecer
no doer de velhas feridas 
em noites sem descanso
no desatar inevitável de nossos laços.


Rochelle Costi

Nenhum comentário:

Postar um comentário