quinta-feira, 13 de maio de 2010

Eyjafjallajokull

A nuvem preta que paira sobre minha cabeça não é tristeza.

Não sofro de tédio ou nenhuma outra pertubação.

Basta olhar no fogo dos meus olhos e saberás que sou só lava quente,

Sou pedra fumegante,

Terra em constante erupção.

Sou vulcão.

Um comentário: