sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Play

A voz sexy da cantora é quase um sussurro e sinto saudades do que não vivi. A madrugada, a chuva, o amargo da cerveja, a dança lenta dos corpos ou quem sabe uma estrada imensa, reta, cortando paisagens desertas sob um céu de chumbo e a vontade de partir para um lugar qualquer, para a beira do mar, onde acontecerá o imprevisível que já era previsto porque a melhor surpresa é não ter surpresa alguma e porque cada minuto é único e mesmo que a música permaneça em loop durante horas será sempre a primeira vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário