sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Discutindo a relação

Adoro seu sorriso aberto
perplexo
enquanto eu tento explicar
o que não tem sentido
o que não pode ser explicado
apenas sentido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário