quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Longe, longe da praia,
distante de qualquer porto.
Entre montanhas escondida,
Minha alma espera um dia ver o mar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário